Eduardo “bananinha” Bolsonaro diz que ataque a jornalista foi erro de digitação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Construir Resistência recomenda uma leitura atenta, lembrado que os ataques da família Bolsonaro à imprensa e aos jornalistas são um método e que têm se intensificado nas falar e atitudes do presidente da República:

 

Em 16 de março de 2019, o jornalista José Fucs, do Estadão, publicou matéria intitulada ‘Rede Bolsonarista Jacobina Promove Linchamento Virtual Até de Aliados’, revelando o comportamento do ‘Gabinete do Ódio’ em ataques, utilizando-se de mídias sociais, a desafetos do Governo.

Desde então, Fucs passou a ser difamado, meses a fio, pelos ‘protagonistas’ de sua reportagem.

Leia a matéria na íntegra:

 

Eduardo ‘bananinha’ Bolsonaro diz que ataque a jornalista foi ‘erro de digitação’

Veja também

Vim das selvas

Por Adriana do Amaral Quando o presidente da Argentina, Alberto Fernández, disse que “os brasileiros vieram da selva”, muita gente se revoltou

#19J

São inúmeras as razões de ir às ruas, hoje. #Comidanoprato #Vacinanobraço #Forabolsonaros #Vidasimportam  

Criptomoedas e suicídio

Por Ari Meneghini Ocorreu há dois dias mais um suicídio de um jovem que tentou ficar rico rapidamente com as criptomoedas. Perdeu,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *