Construir Resistência
Reservatório Ucrânia

Na Ucrânia, água de volta para os sedentos

Por Walter Falceta

A tomar a região de Kherson, as tropas russas explodiram a represa de concreto construída pelos ucranianos, em 2014, para matar de sede a população da Crimeia.

Na época, as águas do Rio Dnieper eram responsáveis por 85% das necessidades de água potável da península.

Depois das obras de sabotagem executadas por engenheiros neonazistas, a Crimeia teve boa parte de seus campos agrícolas destruídos e severos problemas de abastecimento nos centros urbanos.

Mesmo antes do restabelecimento do sistema de bombeamento e canalização, a população local está nas ruas, festejando a volta da água fresca às torneiras e aos sistemas de irrigação rural.

Walter-falceta
Falceta, à direita

Walter Falceta é jornalista e um dos fundadores do Coletivo Democracia Corintiana (CDC)

 

Nota da redação: matéria com subsídio de notícia publicada pela Reuters, conforme link abaixo:

https://www.reuters.com/world/europe/russian-troops-destroy-ukrainian-dam-that-blocked-water-crimea-ria-2022-02-26/

 

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima