Construir Resistência
Paulo Freire. Foto Tarita De Souza E1719441027907 777x437

Violeiro Paulo Freire se apresenta na Casa Museu Ema Klabin

Do site Moema e Região 
Espetáculo, que mescla a contação da história da mula sem cabeça a músicas autorais sobre o tema, será neste domingo, dia 30, com entrada gratuita
Paulo Freire. Foto Tarita De Souza E1719441027907 777x437
O violeiro Paulo Freire, que se apresenta domingo, às 11h no Jardim Europa. Foto Tarita de Souza

compositor, violeiro e contador de histórias, homônimo de um dos maiores educadores deste país, Paulo Freire é reconhecido também como um dos grandes instrumentistas do país. Ele apresenta no próximo domingo, dia 30, na Casa Museu Ema Klabin, o seu mais recente trabalho, A Mula, que reúne música, tradição oral e o folclore brasileiro.

Paulo Freire vai recontar a história da mula sem cabeça. Nem todos sabem, mas esta fábula fantástica do folclore brasileiro é ambientada no Tocantins. O artista irá contar este e outros detalhes que podem fugir à narração comum sobre a Mula. No espetáculo ele irá tocar viola e narrar as passagens, acompanhado por Adriano Busko na percussão e efeitos sonoros.

A apresentação acontece em um dos espaço resignificados da Casa Museu Ema Klabin, residência onde ela viveu de 1961 a 1994, e uma das poucas casas museus de colecionador no Brasil com ambientes preservados. A história da Mula sem Cabeça será narrada em capítulos intercalados por músicas inéditas do novo álbum do violeiro.

Paulo Freire – Espetáculo A Mula
Domingo, 30 de junho, às 11h
Casa Museu Ema Klabin
Rua Portugal, 43, Jardim Europa
Entrada gratuita, limitada a 100 lugares por ordem de chegada
Classificação indicativa: livre

Canções incluídas no programa:
● Clarões na Madrugada,
● Olavo,
● Padre Armando e Zélia,
● A Hóstia e a Bola de Fogo,
● Coice,
● A Cruza na Sexta-feira da Paixão,
Ouça em tratore.ffm.to/amula

O álbum A Mula foi viabilizado pelo Programa de Ação Cultural (ProAC) do Estado de São Paulo, com a elaboração, gestão e coordenação geral do projeto de Gisella Gonçalves, da Borandá Produções.

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima