Construir Resistência
THUMBNAIL

Tempo de manga, um livro entre fatos históricos e a ficção

Por Andrea Cavinato 
“Tempo de Manga” é meu primeiro livro de ficção, alguns dos capítulos do livro foram escritos ainda no final dos anos noventa, ficaram guardados e foram se juntando a outros textos. Durante o doutorado estava escrevendo uma tese e queria escrever ficção, – isso já tinha me acontecido no mestrado – então criei uma pasta no computador chamada “o que não cabe na tese”, várias imagens foram guardadas para serem desenvolvidas depois, um tempo que demorou a chegar. Cursei Terapia Ocupacional na graduação, nunca exerci a profissão, estudei a loucura, fiz estágio em Psiquiatria e em Saúde Mental, algumas dessas aprendizagens estão no livro. A arte como possibilidade de conhecer a si mesmo é um dos fios que tecem “Tempo de Manga”.
Iolanda Oliveira, a heroína leva o sobrenome das minhas duas avós. Quando escolhi seu nome em 2009, uma amiga que estava grávida tinha escolhido o mesmo nome para sua bebê e isso me trouxe a ideia de uma das razões para o “devaneio” da personagem.
Foi só a partir da oficina de criação literária de Marcelino Freire, no início de 2019 que “Tempo de Manga” passou a ganhar consistência, forma e ritmo. O livro chega ao público após ter passado por diferentes processos de reescrita e de aprendizagens com colegas escritores e escritoras nas tantas oficinas de criação literária que tenho feito, meus agradecimentos não caberiam aqui, tanto tem sido importante para mim.
“Tempo de Manga” traz referências da minha relação com o teatro, com a literatura, o universo onírico presente nos contos de tradição oral, e também das minhas memórias de infância, tão inventivas quanto o esquecimento, como nos alerta Jorge Luís Borges. Criadas ou rememoradas são imagens que guiam leitores pelos tortuosos caminhos labirínticos da própria condição humana.
Os capítulos se alternam entre fatos históricos e ficção, as memórias da personagem Iolanda, as metáforas do crescimento, as dificuldades, as consequências de não conhecermos nossa própria história e outros fios narrativos são tecidos e tramados de modo a formarem paisagens em um mundo de sonho, de conto maravilhoso que tem como objetivo enredar as leitoras e leitores em uma teia de encantamento para arremessá-los de volta à realidade, porém transformados pelas experiências da personagem.
 SOBRE A AUTORA
 
Andrea Cavinato é atriz, professora, pesquisadora em Teatro e Imaginário e contadora de histórias. Nasceu em Limeira, interior de São Paulo onde viveu até os dezessete anos. Escreve desde criança, é bisneta de imigrantes italianos, apaixonada por literatura e pela língua italiana.
Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da USP, Mestre e Especialista em Artes pela ECA-USP ministra cursos na formação de educadores e artistas. Em 1999, fundou o grupo de teatro Caixa de Fuxico. Autora do livro “Processos de Criação: Teatro e Imaginário”  fruto da pesquisa no doutorado publicado pela editora CRV em 2015. Fez parte da coletânea do Prêmio Off Flip com o conto Entrega em 2022.
Tempo de Manga é sua estreia na ficção.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima