Quem brinca com fogo acaba com a cara queimada

Preso o pastor-ministro Milton Ribeiro por evidências de corrupção no MEC

Por Sonia Castro Lopes

Mais uma vez o inquilino do Planalto abandona seus aliados à própria sorte. Dessa vez a vítima é o dublê de ministro e pastor Milton Riberio, responsável pelo desvio de recursos do FNDE para beneficiar prefeituras e políticos aliados ao governo. O mandante? Disse o ex-ministro, na ocasião,  que foi o Presidente quem o obrigou a receber os pastores vigaristas e atender as suas solicitações. Hoje pela manhã (22) Milton Ribeiro foi preso por ação da Polícia Federal.  Seus comparsas, os pastores lobistas Arilton Moura e Gilmar Santos, também são alvos da justiça e terão o mesmo destino.

Na ocasião do escândalo, o capitão declarou que pelo ministro colocaria a cara no fogo. Agora simplesmente afirma: “Se ele errou tem que pagar, que ele responda pelos seus atos”; “Se houve prisão é sinal que a PF está agindo e isso é prova de que não interfiro na PF.” Quando a roubalheira não se circunscreve à familícia, o assunto não lhe diz respeito.  “Tenho 23 ministros, mais de uma centena de secretários e milhares de cargos comissionados, se alguém faz uma coisa errada, vão botar a culpa em mim?”

A operação  investiga crimes de corrupção e tráfico de influência e o processo teve início no STF, mas depois da renúncia do ministro, foi enviada à primeira instância. Espero que o caso tenha um justo desfecho e que não seja mais um dos processos arquivados por falta ou inconsistência de provas. Ao contrário das ‘cortinas de fumaça’ fabricadas para tirar o foco dos reais problemas como o caso da Petrobrás, da inflação e da miséria que se abate sobre a população, esse episódio, com certeza, trará graves prejuízos à campanha do capitão.

Que tal começar a pensar em delações premiadas? Seria um ótimo momento para que toda essa sujeira viesse à tona e sepultasse de vez a candidatura desse estrupício.  Em nome de Deus, da Família e da Pátria esse governo nada de braçada num mar de corrupção e incompetência. As pesquisas estão aí para comprovar a preferência dos eleitores  pelo ex-presidente Lula.  Até a suspeita PoderData afiança hoje (22) que Lula venceria fácil com 52% das intenções de voto no segundo turno, abrindo 17 pontos  sobre o seu adversário. Também o parcial Estadão admitiu a significativa vantagem de Lula sobre o capitão num “eventual” segundo turno.  Mas por quê esperar o segundo turno, se podemos faturar essa vitória no próximo 2 de outubro?

 

 

 

 

Veja também

E se o futuro já aconteceu?

Em pesquisa para um artigo futuro, topei com uma bela galeria de Woodstock (Agosto de 1969) no deMilked, com material roubartilhado do

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.