Construir Resistência
Mansão dinheiro vivo

Qual problema comprar imóvel com dinheiro vivo ?

Desde quando o atual ocupante da cadeira presidencial  ingressou na política, Bolsonaro, seus filhos e parentes negociaram 107 imóveis, ao menos 51 em espécie

— Qual problema comprar com dinheiro vivo imóvel?  Esta foi a resposta do capitão reformado, Jair Bolsonaro, ao ser questionado sobre uma reportagem que trata sobre a compra de imóveis pelo presidente, seus filhos, sua mãe e ex-mulheres, com pagamentos em espécie.

Desde a década de 90, quando ingressou na política, até os dias de hoje, Jair Bolsonaro, além de seus irmãos e filhos, negociaram 107 imóveis, dos quais pelo menos 51 foram comprados total ou parcialmente com uso de dinheiro vivo, segundo declaração dos próprios integrantes do clã.

Foram registrados em cartórios com o modo de pagamento “em moeda corrente nacional”, expressão padronizada para repasses em espécie, R$ 13,5 milhões. Em valores corrigidos pelo IPCA, o valor equivale hoje a R$ 25,6 milhões.

Para Bolsonaro, este tipo de prática não é ilegal, mas pode ser considerada suspeita quando, quase metade dos brasileiros prefere realizar compras sem utilizar cédulas de papel. Com a ampla oferta de cartões de débito, transferências bancárias e Pix, aquisições grandes podem ser realizadas com segurança e comodidade.

Acabou a mamata?

  • Dos 107 imóveis da família Bolsonaro, pelo menos 51 foram adquiridos com cédulas
  • Teriam sido movimentados R$ 13,5 milhões desde 1990
  • Jair Bolsonaro e ex-mulheres (Rogéria Bolsonaro e Ana Cristina Siqueira Valle)
    8 imóveis – Casas, apartamentos e lotes (RJ e Brasília) R$ 973,1 mil (R$ 3,2 milhões corrigidos)
  • Filhos (Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro) 19 imóveis – Apartamentos e salas comerciais (RJ) R$ 8,5 milhões (R$ 15,7 milhões corrigidos)
  • Irmãos e mãe (Maria Denise, Maria Solange, Vânia, Renato e Olinda Bolsonaro)
    24 imóveis – Casas, lotes e imóveis comérciais (SP) R$ 4,1 milhões (R$ 6,6 milhões corrigidos)

A vasta compra de bens com grande quantia de dinheiro vivo é vista com desconfiança por especialistas já que a prática é usada para lavar recursos de procedência ilegal, evitando que órgãos do governo, como o Coaf, identifiquem e investiguem as operações incomuns

Festival de mansões

Apesar de terem salários de parlamentares, o clã Bolsonaro ostenta riqueza como raríssimos empresários teriam condições de fazê-lo.

– A mansão de Flávio Bolsonaro (foto acima), avaliada em mais de r$ 6 milhões, tem dois andares, piso em mármore, academia, sauna integrada com a piscina, churrasqueira, forno de pizza, brinquedoteca, salas de jantar e estar, garagem para oito carros, além de um espaço para home theater e monitoramento por câmeras. Desde o condomínio até o Senado Federal, onde dá expediente, Flávio Bolsonaro leva pouco mais de dez minutos de carro. Até o início do ano passado, ele vivia em um dos imóveis funcionais do Senado.

– Jair Renan Bolsonaro, filho 04 do presidente Jair Bolsonaro, e a mãe, a advogada Ana Cristina trocaram um apartamento de 70 metros quadrados no município de Resende, no interior do Rio de Janeiro, por uma mansão avaliada em R$ 3,2 milhões em uma área nobre de Brasília.

– José Orestes Fonseca, casado com Maria Denise Bolsonaro Campos, e apelidado pelo cunhado, Jair Bolsonaro, como “Jagunço” comprou uma mansão luxuosa que pertencia à transnacional Bunge Fertilizantes por R$ 2,67 milhões em Cajati, no interior paulista, em dinheiro vivo.

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima