Construir Resistência

Parem de fazer campanha contra o Lula

Por Herval B.Barreto

Essa celeuma do jornalista Merval, da Globo, de fazer apelo para que o #Lula desista de sua candidatura é um desrespeito. Ao  processo eleitoral e, de certa forma, uma agressão à democracia. É lamentável que isso ocorra.

A mídia hegemônica, ou seja as organizações Globo, os grupos Folha e Estadão e quem mais vestir a carapuça tem todo direito de escolher seus candidatos, mas o que não pode é desconstruir os adversário políticos fazendo jogo sujo. Vocês têm expertise nisso: fazer o jogo rasteiro, acabando com a democracia.

É inacreditável, inaceitável até, esse pessoal vir a público reivindicar que o maior líder da esquerda do Brasil – e olha lá se não do mundo-. que lidera todas as pesquisas de intenção de voto, com a maior cara de pau usar o veículo de comunicação para que Lula desista de sua candidatura. Estou me referindo ao Luiz Inácio Lula da Silva! Esses caras acham que mandam em tudo, se acham os reis da cocada preta.

Essa atitude, Merval, é um acinte ao povo brasileiro. Pare de interferir na vontade e direito do povo de escolher os seus governantes. Já não basta Bolsonaro, que vocês empurraram goela abaixo?

Se vocês querem bancar Sérgio Moro, o juiz que cometeu vários crimes na #lavajato é problema de vocês, mas num país sério esse  candidato estaria preso. Vocês se arvoram no direito de escolha, mas pelo amor de Deus deixem o povo, que é soberano, também escolher.

O problema é que vocês só pensam no próprio umbigo, são contra o Brasil. Faz um favor ao povo brasileiro: deixem de perseguir o Lula e o PT,

Vocês nunca pensam nos pobres, parece até que tem prazer em vê-los sofrer. Vocês enriquecem explorando o Estado e a miséria de uma nação inteira, mas defendem um estado mínimo para os pobres.

Podem espernear do jeito que quiserem, vão ter que engolir o sapo barbudo.

Herval B. Barreto é cidadão brasileiro. Ativista da causa Brasil

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima