Construir Resistência
Foto: Douglas Fischer

Para contrapor o veto na Câmara, UFSC concede título a Gilberto Gil

Da Redação 

Concessão do título de doutor Honoris Causa ao artista foi aprovada por unanimidade pelos 42 conselheiros e conselheiras da Universidade 

Foto: Douglas Fischer

Após ter o título de cidadão honorário negado pela Câmara Municipal de Florianópolis, o cantor Gilberto Gil foi homenageado com o título de doutor Honoris Causa pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). A proposta foi aprovada por unanimidade.

A concessão do título ao artista foi aprovada pelos 42 conselheiros e conselheiras presentes em reunião especial do Conselho Universitário da UFSC, no Campus Universitário Trindade, em Florianópolis.

O título de doutor Honoris Causa é concedido pela UFSC “a pessoas eminentes, que não necessariamente sejam portadoras de um diploma universitário mas que se tenham destacado em determinada área (artes, ciências, filosofia, letras, promoção da paz, de causas humanitárias etc), por sua boa reputação, virtude, mérito ou ações de serviço que transcendam famílias, pessoas ou instituições”.

Presença da ciência em sua obra musical

No texto que justifica a concessão do título a Gilberto Gil pela UFSC, há um “conjunto de motivações”: a contribuição do artista à cultura brasileira como cantor, compositor, multi-instrumentista, produtor musical, político e escritor, além das singularidades da presença da ciência em sua obra musical.

Gil ainda teve destaque, segundo o texto, em diversas frentes de atuação na política e na cultura internacional, participando de eventos e fóruns que se consolidaram como marcos históricos em diferentes momentos. Por fim, a justificativa lembra que o artista recebeu distinções como “o Artista da Paz pela UNESCO em 1999 e Embaixador da FAO”, além de condecorações como “Légion d’ Honneur da França, Sweden’s Polar Music Prize, entre outros”. Gil também foi homenageado com títulos de doutor Honoris causa de duas universidades estrangeiras e um instituto federal brasileiro.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima