Construir Resistência
mostra45

O que vale a pena assistir na 45ª Mostra Internacional de Cinema 

Por Simão Zygband

 

Exausto de escrever sobre o (des)governo do genocida, que aparentemente não vale mais a pena, optei por me pautar para redigir sobre coisas que realmente valem a pena, pois sobre Bolsonaro, o inominável, figura asquerosa e desqualificada, realmente não se tem mais o que falar.

Anualmente me dedico a assistir alguns filmes da Mostra Internacional de Cinema. Um hábito que cresceu muito desde que me casei com a cinéfila Celina Diaféria. Este ano não está sendo diferente. Ela adquiriu um pacote de 15 filmes que podem ser assistidos até o dia 4 de novembro.

Nas mostras assisti a filmes maravilhosos, que sempre nos dão referência de realidade. Apesar de este ano ter formato híbrido (uma parte dos filmes presenciais e outra online), de eu e ela já termos nos vacinado com a segunda dose, ainda estamos cautelosos e optamos por assistir ainda na modalidade “em casa”.

Os melhores filmes que assisti nos últimos anos, sem dúvida passaram na Mostra. Mas há outros maravilhosos que entraram apenas em circuito comercial. Enfim, o cinema é extremamente benéfico para quem está “saindo” da pandemia. Aliás, ele sempre é mais do que necessário.

Este ano ainda não deu para assistir aos 15 filmes que adquirimos. Mas já vimos alguns que valem a pena. Alguns outros ainda não entraram no circuito online e não pudemos desfrutar. Mas já vou dar algumas dicas dos que já considero imperdíveis. Não vou me alongar muito para não fazer perder a graça do filme ao assistirem:

Os intranquilos: filme angustiante sobre uma família em plena pandemia cujo pai tem transtornos bipolares.

Superiora: duas irmãs gêmeas trocam de papéis. Uma tem uma vida atribulada, cheia de conflitos e a outra vida pacata ao lado do marido.

O cego que não queria ver o Titanic: outro filme angustiante que traz o cúmulo da maldade humana.

 

Os que são recomendáveis, mas ainda não vi

 

– Jane por Charlotte

O garoto mais bonito do mundo

– Radiografia de uma família

– Olga

– O Planeta

– Sanguessugas, uma comédia marxista sobree vampiros

– Bergman Island

– Integralde

– Brighton

– Quando uma fazenda se incendeia

– Diários de Otsoga

– Higiene Social

 

 E muitos outros mais, de acordo com o gosto de cada um

 

 

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima