Construir Resistência
A senadora Simone Tebet em Brasília

O fator Simone Tebet

Por Simão Zygband

 

A senadora Simone Tebet em Brasília

Chama a atenção a desenvoltura com que a senadora Simone Tebet (MDB), a terceira colocada no primeiro turno, entrou de corpo e alma na campanha da Frente Ampla, encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A sua presença forte feminina tem sido um dos principais fatores para que Lula mantenha a dianteira nas pesquisas de intenção de votos e caminha a passos largos para vencer as eleições do dia 30 de outubro, que lhe dará a oportunidade de exercer a presidência da República pela terceira vez.

Tebet em momento algum pestanejou de que lado estaria na disputa entre a Civilização e a Barbárie, representada pelo excressentíssimo ocupante da cadeira presidencial, local a qual jamais deveria ter sido alçado por irresponsáveis e desajustados como o atual mandatário.

A senadora Tebet, ao contrário do quarto colocado, o ex-ministro Ciro Gomes, tem se dedicado com afinco para eleger Lula presidente e apear o inominável do poder. Hoje estava junto com o ex-presidente em uma gigantesca manifestação na cidade de Teófilo Otoni, em Minas Gerais e ontem realizou um grande ato, sem o candidato, em Brasília. Dá gosto de ver o empenho da peemedebista para derrotar o Coiso.

Lula, Marina Silva e Simone Tebet em Teófilo Otoni (MG)

“O meu lado é o lado da democracia. Não existem dois candidatos à Presidência da República neste segundo turno. Só tem um que é democrata e se chama Luiz Inácio Lula da Silva”, discursou a senadora, durante ato em Brasília. “A democracia é o grande guarda-chuva a garantir o meu direito individual, o seu direito individual, o nosso direito coletivo a estar em praça pública, a ter liberdade e a ter a soberania do voto”, disse.

Ela discursou para a multidão reunida no centro da capital federal. “Eu sei que estou do lado certo da história. Nós estamos do lado certo da história. Nós vamos ganhar e o presidente Lula vai voltar a governar esse país”, afirmou. “Eu quero de volta um governo humano. O presidente Lula e eu temos grandes diferenças políticas e econômicas. Mas tem algo muito maior que nos une: o amor pelo nosso povo. E nós colocamos as pessoas em primeiro lugar”.A senadora disse que será preciso reconstruir o país e unir novamente o povo. “Um Brasil que ame a todos, que não deixe ninguém para trás, que não olhe a cor da pele, a religião que tem, a orientação sexual. O que importa são as pessoas”, defendeu.Presidente desumanoTebet disse que Bolsonaro é um presidente desumano, que não ama o povo brasileiro, que não sabe e não sente a dor das pessoas, que não tem empatia e que negou vacina no braço do povo brasileiro quando o povo mais precisou dele.“Eu estou aqui para tirar a faixa desse presidente. Ele vai perder o foro privilegiado e aí nós vamos estampar na testa dele a palavra corrupção. Foi o deputado das rachadinhas. É o presidente que comprou junto com sua família mais de 50 imóveis, grande parte desses imóveis com dinheiro vivo. É o presidente que permitiu, que ao custo da dor e da vida de milhares e milhares de brasileiros se negociasse cada dose da vacina a um dólar como se a vida humana tivesse preço”, afirmou a senadora.A senadora Simone Tebet merece todos os elogios. Está, com certeza, no lado certo da história.Um Viva a nossa senadora! Nosso muito obrigado!

 

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima