Construir Resistência
Falso profeta

O falso profeta

Por Jorge Antônio Barros

Compartilhado do Quarentena News

 

Com todo respeito a quem discorda, Jair Bolsonaro é o pior (des) governo da história do Brasil. Com um general, foi responsável pela morte de pelo menos a terça parte dos óbitos provocados pela Covid-19,; destruiu os meios de fiscalização de crimes ambientais, foi o principal responsável pela liberação do acesso a armas de fogo — que estão na origem de toda a violência — ; sequestrou o Congresso com o orçamento secreto; decretou sigilo para todos seus atos polêmicos e ilegais, acabando com o princípio da transparência; e desrespeitou a Constituição, atacando a independência dos poderes da República. Bolsonaro levou o Brasil ao fundo do poço. Promove o ódio e ameaça golpear a democracia. Bolsonaro não é digno de ser eleito nem pra síndico de prédio.

Agora o mais grave, na minha concepção de cristianismo, é que Bolsonaro é um falso profeta. Sua ação já foi desmascarada pela Bíblia. “Muitos virão em meu nome e se possível fosse enganaria até os escolhidos”. Os evangélicos que o apoiam, que hoje são seis entre dez, aceitam o pacto proposto por Bolsonaro. Compram a narrativa tosca de Bolsonaro contra aborto, casamento, casamento gay e ideologia de gênero. Em troca, aceitam o ódio, as armas e o desprezo à Constituição e às leis do país. Espero em Deus que a Justiça seja feita. Que ele perca a eleição e vá preso.

Jorge Antônio Barros é jornalista e editor chefe do blog Quarentena News.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima