Construir Resistência
FB_IMG_1660874267188

“Nós não queremos as pessoas odiando umas às outras”, diz Lula em Minas

Da Assessoria do Lula

 

Este foi o discurso do seu ex-presidente em Belo Horizonte, Minas Gerais 

“Se em 1792 um homem desse estado foi enforcado porque queria a independência desse país. Se em 1792 eles esquartejaram, cortaram a carne, salgaram e penduraram no poste para que ninguém mais falasse de independência, eu quero que os esquartejadores saibam: nós estamos de volta para fazer uma nova independência nesse país, que garanta a dignidade, o respeito e a harmonia do nosso povo.
Esse país tem que voltar para as mãos de homens e mulheres que sabem construir. E eu e o Alckmin e o Kalil, a gente não quer ser governador, a gente não quer governar o país. Sabe o que a gente quer fazer? A gente quer cuidar.
Nós estamos enfrentando uma pessoa desequilibrada mentalmente. Nós estamos enfrentando uma pessoa desestruturada do ponto de vista psicológico. Nós estamos enfrentando uma pessoa que acha que a polícia tem que matar, e não prender; uma pessoa que acha que tem que vender arma, e não vender livro, uma pessoa que acha que tem que estimular o ódio, e não o amor, exatamente o contrário do que nós queremos.
Nós não queremos as pessoas odiando umas às outras. Nós queremos as pessoas se abraçando, as pessoas se ajudando, as pessoas, inclusive, não sendo utilizada religiosamente como são hoje. É heresia falar o nome de Deus em vão como fala ‘esse’ cidadão que eu não quero citar o nome. Esse cidadão está mais para fariseu do que para cristão. Esse cidadão não respeita ninguém, ele não respeita saúde, ele não respeita negro, não respeita mulher, não respeitou sequer 680 mil vítimas da pandemia. Por isso nós precisamos voltar.

📷 Ricardo Stuckert

 

AJUDE O CONSTRUIR RESISTÊNCIA CLICANDO E OLHANDO OS ANÚNCIOS DA PÁGINA.

NÃO CUSTA NADA E AJUDA NA MANUTENÇÃO DO SITE.

VAMOS DERROTAR O BOLSONARISMO E ESTE É UM DOS INSTRUMENTOS DE LUTA

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima