Construir Resistência
A61D2B4B-54E2-4B3E-9AC5-A845D75D7887

Não é difícil entender

Por Milton Pereira

Dá pra entender o voto de grande parte dos pobres nesse país. O pobre que é camelô, vendedor ambulante, entregador de fast food etc. e se diz de direita, não tem educação e cultura suficientes para entender o que é empreendedorismo. Diz-se a favor do mercado financeiro e apoiador do neo-liberalismo mas jamais teve capital para aplicar naquilo que lhe ascendesse socialmente, pois já nasceu pobre.

Na realidade não explica as razões pela qual apoia um governo contrário à sua classe social. Não tem o que explicar porque lhe faltam informações que o faça entender as pautas econômica, educacional e cultural que defende. A grande mídia e os grandes meios de comunicação, junto com as redes sociais e igrejas evangélicas, o fizeram acreditar que uma tal mamadeira, uma pseudocartilha escolar e um ex-presidente condenado por falsas provas criadas por um ex-juiz considerado suspeito levariam o país à desgraça.

Foram criados motivos que o afastaram de entender que um governo que defende melhores salários para os mais pobres contraria os patrões. Um governo que financia casas populares para os assalariados mais necessitados contraria o mercado imobiliário e bancos privados. Um governo que defende universidade gratuita para todos bate de frente com empresários do ensino. Um governo que defende atendimento/tratamento médico gratuito para todos desagrada os planos de saúde e hospitais particulares. Um governo que defende a taxação de grandes fortunas não é bom para os mais ricos.

Taxação é para assalariado, trabalhador servil. Não é coisa que deva ser aplicada em grande empreendedor, industrial, herdeiro de grandes fortunas. Estes sim vivem do suor e do sangue de quem dá a vida pelo Brasil, que vai contribuir por mais de 40 anos para ter um salário de fome na aposentadoria e ter que entrar numa fila de espera do INSS para se tratar das sequelas adquiridas durante o tempo em que trabalhou.

Quanto à corrupção do governo de Lula que esse pobre de direita vê perigo de voltar, está mais do que evidente que o fantástico mundo de Bob em que vive não o informa: das falcatruas de Bolsonaro e família, não esclarece quem é Temer, esconde o golpe dado em Dilma, esconde a inocência de Lula e a farsa da lava-jato para colocar o fascismo no poder.

Milton Pereira é  jornalista, artista plástico e músico

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima