Construir Resistência
FB_IMG_1639773724626

Esquerda camarão

Por João Franzin

 

Antes, existia a esquerda caviar. Agora, há também a esquerda camarão.
Essa legião infestou as redes sociais com todo tipo de comentário, card, vídeo, charge etc. sobre o alegado problema gástrico de Bolsonaro e o camarão mal-digerido.
Enquanto ficavam nessa punhetagem, o Brasil real enfrentava três graves problemas:

1. O flagelo dos atingidos pelas enchentes;

2. A vacinação das crianças;

3. O salário mínimo de fome fixado por Bolsonaro.

Enquanto se alegravam com o entupimento do sujeito, deixavam passar batido a desgraceira das enchentes, o salário mínimo de R$ 5,51 a hora trabalhada (preço de um café expresso) e a luta pela vacina.
Terça-feira, cruzei a pé a Santa Casa de SP. Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas junto ao pronto-socorro e o pátio abarrotado de carros. Perguntei à guardete e ela: – É essa nova gripe e também a Covid.
O problema do Brasil não é a esquerda ruinosa das redes sociais: ela é um dos problemas, porque, na prática, facilita o jogo do Bolsonaro.
Nesse ambiente escamoso (na expressão de Plínio Marcos), quero saudar a lucidez do Mano Brown, que determinou: no show dos Racionais só entra quem tiver atestado da vacina.
Convenhamos, um Mano sozinho vale por todos esses punheteiros.

João Franzin é jornalista e diretor da Agência Sindical

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima