Entidades judaicas repudiam nota da Fierj contra Michel Gherman

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Do grupo Judeus pela Democracia

No dia 24 de Maio de 2021 a FIERJ (Federação Israelita do Rio de Janeiro) emitiu uma nota assinada por seu presidente, Alberto Klein, em repúdio a um tweet de Michel Gherman.

O tweet de Michel fazia referência a apoiadores de Bolsonaro que, segundo Michel, seriam, a partir daquele momento, referidos por ele como “fascistas ou nazistas”.

Na nota, a FIERJ desautoriza publicamente Michel (acadêmico com larga trajetória no estudo do nazismo e do Holocausto), chamando-o de “inconsequente”, acusando-o de banalizar o Holocausto e de ser futuro responsável por “antissemitismo e revisionismo oportunista”.

Independentemente do acordo ou não, a FIERJ, ao atacar a postagem de Michel, não apenas esquece que deveria representar a todos os judeus do Rio de Janeiro, como coloca o professor em posição de vítima de um linchamento virtual.

Quando ofende Michel, a FIERJ automaticamente ofende a todos os judeus que divergem de seus posicionamentos, abrindo mão de representá-los (como é a sua função).

Através desta carta, as instituições e coletivos judaicos abaixo-assinados exigem que seja feita uma retratação pública da FIERJ a Michel Gherman.

Assinam:

1. Judeus Pela Democracia RJ (JPD)
2. Judias e Judeus Pela Democracia SP (JPD-SP)
3. Observatório Judaico de Direitos Humanos no Brasil
4. Centro Cultural Mordechai Anilevitch (CCMA)
5. Movimento de Mulheres Judias Me Dê Sua Mão
6. Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos (NIEJ)
7. Casa do Povo
8. Casa de Cultura Habonim Dror – RJ (CCHD)
9. Associação Scholem Aleichem (ASA-RJ)
10. Associação Cultural Moshe Sharett
11. Meretz Brasil
12. Associação Cultural Mordechai Anilevitch
13. Articulação Judaica de Esquerda
14. Coletivo Judaico de Esquerda

Veja também

Vim das selvas

Por Adriana do Amaral Quando o presidente da Argentina, Alberto Fernández, disse que “os brasileiros vieram da selva”, muita gente se revoltou

#19J

São inúmeras as razões de ir às ruas, hoje. #Comidanoprato #Vacinanobraço #Forabolsonaros #Vidasimportam  

Criptomoedas e suicídio

Por Ari Meneghini Ocorreu há dois dias mais um suicídio de um jovem que tentou ficar rico rapidamente com as criptomoedas. Perdeu,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *