Construir Resistência

Brasil do Luto

Por Viviane Cabrera

Imagem – Sérgio Lima 

 

Brasil em consternação.

A barbárie toma forma e feição

De um crime cruel.

Mas é só mais um em nosso painel.

Quem vai contra os mecanismos infames,

Contra os auto-proclames

De um governo vil

Vira alvo de um imenso canil.

Paga com a vida numa emboscada

E sua reputação com mentiras criadas é manchada

Como a justificar

E garantir que culpados possam vir a se safar.

Violência atrás de violência,

Não vemos justiça e sim conivência

Para que tudo caia no limbo do esquecimento

Sobrando aos familiares a dor e lamento.

Perdemos Chico, Dorothy, Bruno, Dom, Marighelas, Margaridas e Marielles.

São negros, índios, LGBTQIAPN+, homens e mulheres

Na luta por direitos e dignidade,

Combativos contra uma política de calamidade.

é

 

Viviane Cabrera é formada em Jornalismo, Geografia e tem Pós em Docência do Ensino Superior. É autora do livro-reportagem ‘Flores do Asfalto – histórias de duas favelas paulistanas’ e do livro de poemas ‘Memoriamístico’. Participou das antologias ‘Infâncias’, ‘Um Dólar por Dose’, ‘Comer é Um Ato Político’, ‘Retrospectiva 2021 Poesia Contemporânea’ e ‘Poemas de Natal’, do projeto TOMA Aí UM POEMA; e da antologia ‘Pela Janela do Quarto: Visões da Quarentena’, da Editora Voz de Mulher. Em 2022 participará das antologias ‘Cartas Para o Futuro’, do Selo Off Flip, e ‘1001 Poetas – A Maior Antologia de Poesia Contemporânea da História do Brasil’, da Casa Brasileira de Livros.

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima