Construir Resistência
Bolso e briga neto

Bolsonaro se reúne com militares e Braga Netto após Moraes desarmar tentativa de golpe

Da Revista Fórum 

Encontro, que também teve a presença de Braga Netto, acontece depois do presidente do TSE aplicar multa de R$ 22 milhões e classificar ação golpista do PL de “esdrúxulo e ilícito pedido”.

Recluso entre os Palácios da Alvorada e do Planalto, Jair Bolsonaro (PL) recebeu o candidato derrotado a vice, general Walter Braga Netto, ex-ministro da Defesa, e militares da Aeronáutica e do Exército na manhã desta quinta-feira (24), em encontro fora da agenda oficial.

A reunião no Alvorada acontece menos de 24 horas após a decisão do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, que aplicou multa de R$ 22,9 milhões e classificou como “total má-fé da requerente em seu esdrúxulo e ilícito pedido” a ação em que o PL pedia a anulação de parte das urnas, apenas no segundo turno das eleições, para dar a vitória a Bolsonaro.

A decisão de Moraes colocou um ponto final na tentativa do presidente de contestar o funcionamento das urnas eletrônicas – uma das narrativas de Bolsonaro para não reconhecer a derrota para Lula (PT) nas urnas.

Na agenda oficial desta quinta, Bolsonaro marcou apenas um compromisso, às 11h no Palácio do Planalto, com Renato de Lima França, Subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência da República.

As informações da presença dos militares no Alvorada são do jornalista Renato Souza, do R7, que está na porta da residência oficial do presidente.

Matéria publicada originalmente no link abaixo da Revista Fórum 

https://revistaforum.com.br/politica/2022/11/24/bolsonaro-se-reune-com-militares-braga-netto-apos-moraes-desarmar-tentativa-de-golpe-127723.html

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima