Construir Resistência
Lula tarcisio

Bolsonaristas atacam encontro de Tarcísio com Lula para tratar de chuvas em SP

Por Wendel Carmo – Carta Capital

As fortes chuvas no litoral, vale dizer, deixaram ao menos 45 mortos e mais de 2,5 mil pessoas tiveram que sair de suas casas, segundo o governo de SP

O encontro do presidente Lula (PT) com o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), para discutir ações voltadas à redução dos estragos causados pelos temporais no litoral norte de São Paulo, desagradou apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), de quem Tarcísio é próximo.

O influencer Ed Raposo, que se descreve “conservador, cristão, patriota e botafoguense”, foi um dos que escreveram nas redes sociais que “não há desculpa para dividir palanque com o ladrão” e que a fotografia de Lula e Tarcísio juntos era “repugnante”.

Em outra publicação, o bolsonarista, hoje filiado ao PTB de Roberto Jefferson, também afirmou que “apertar a mão do diabo” não ajuda ninguém.

Durante discurso em São Sebastião, município mais atingido pelos temporais, Lula pregou união e diálogo entre as autoridades para reconstruir as áreas afetadas, independente das posições político-partidárias. “O povo é muito mais importante que qualquer divergência”, destacou. Tarcísio, por sua vez, agradeceu a presença do petista no local afetada pela tragédia.

O presidente ainda  determinou prioridade na liberação de verbas para reconstrução de estradas, envios de mantimentos, medicamentos e equipes para socorro aos atingidos pelas tempestades.

Ao jornal Folha de S. Paulo, o deputado estadual bolsonarista Gil Diniz (PL-SP) criticou a presença de Lula no estado. “Lula é bom de discurso, mas na prática é Tarcísio que está empenhado em resolver os problemas”, disse o parlamentar.

“Estive ontem na região e falei com o governador, Lula estava pulando Carnaval, mas será bem-vindo se quiser ajudar a resolver o caos. Porém, até aqui, falou mais e fez menos”, disse ainda o deputado mesmo diante da visita do presidente ao local.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima