Construir Resistência
Messi

A extrema direita odeia Messi

Por Moisés Mendes

Se tiver decisão nos pênaltis domingo, defendo que a Argentina escale Messi para bater o primeiro e que os franceses escolham Mbappé para bater o último.
Que essa primeira série acabe empatada. E que nas cobranças alternadas Messi decida a Copa com uma bola que bata nas duas traves e nas costas do goleiro.
Eu queria estar em Buenos Aires para ver o povo gritando Messi!!! Cristina!!! Perón!!!
Meu lado argentino ficou muito forte depois das duas vezes, há exatos 20 anos, em que estive lá para escrever sobre a terrível crise do fim da dolarização.
A Copa calará a boca dos fascistas argentinos, que desejam a derrota da seleção para enfraquecer Alberto Fernández e explorar a dor do povo.
A extrema direita odeia Messi.

Moisés Mendes é jornalista em Porto Alegre, autor de “Todos querem ser Mujica”.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Matérias Relacionadas

Rolar para cima