Construir Resistência

12 de junho de 2022

O miliciano x “Maradona”, lá nos Zestados Zunidos

Não estranhe o título. É assim que o vivendeiro e muitos de seus correligionários pronunciam o nome do lugar que consideram a capital do império ocidental. É o jeito brega, capacho e submisso da direita brasileira. Na terra do Tio Sam, o elemento começou sua patética saga agindo como um donatário prestando contas ao rei.

O miliciano x “Maradona”, lá nos Zestados Zunidos Read More »

A mulher negra e proletária: Elisa e o avanço civilizatório no futebol

A data é 19 de Setembro de 1965, um domingo. O lugar é o estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba, no Interior de São Paulo. Ainda não existem as organizadas como as conhecemos. A torcida, então, aluga três ônibus para apoiar o time, que tem chance de quebrar o jejum de 10 anos sem

A mulher negra e proletária: Elisa e o avanço civilizatório no futebol Read More »

Rede Globo perdida no mato sem cachorro

Por Fernando Castilho “Após a debacle do ex-juiz, a emissora do Jardim Botânico ficou sem opção. O jeito foi esconder Bolsonaro do Jornal Nacional e terceirizar as críticas ao governo para seus escalões inferiores.”   O histórico de atuações políticas da Rede Globo, destinadas a ganhar dinheiro enquanto mantém seus espectadores distraídos e pobres, vem de

Rede Globo perdida no mato sem cachorro Read More »

Rolar para cima